20181205

De Londres a Paris via aérea em 1923



Uma viagem de avião em 1923 tendo como rota descrita no plano de viagem como "De Londres a Paris "...  Imagine a sensação... Se ainda hoje encontramos muitos que tem medo de viagens aéreas, pense na coragem dessas pessoas, tripulação e passageiros daquela época. 
 
No vídeo pode-se notar a inexistência do cinto de segurança.

Enfim pensem nessa grande aventura digna de ser relembrada, nos seus mínimos detalhes note que não faltava até o tradicional chá da tarde servido na melhor porcelana e um jornal para passar o tempo.
Viagem aérea aconteceu em 1923, entre Londres e Paris a companhia aérea foi a Handley Page Transport Ltd. e a aeronave usada um Handley Page Type O, um biplano bombardeiros da Primeira Guerra Mundial modificado para o transporte de passageiros.

A tarifa foi de 300 francos, o que equivale a cerca US $ 25 ou em valores atualizado algo como US $ 350 praticamente o dobro do custo atual.
Era na época era um dos maiores de aviões de passageiros a Serviço dos Ingleses. Foi projetado para ter suas asas dobráveis para facilitar a sua acomodação nos hangares existentes no seu tempo, sendo abertas e fixadas em posição para colocá-las em condições de voo.
Sua capacidade de transporte era de dez passageiros sentados na sua cabine espaçosa, sendo que cada passageiro poderia transportar consigo cada um, cinquenta libras (22,7 kg) de bagagem. "
O vídeo mesmo em preto e branco mostra imagens fantásticas das aéreas sobrevoadas durante o percurso, praias, fazendas enormes, construções, natureza, pessoas... 



O Handley Page Type O foi um dos primeiros bombardeiros biplanos usados pela Grã-Bretanha durante a Primeira Guerra Mundial. Na época, era a maior aeronave que havia sido construída no Reino Unido e uma das maiores do mundo. 
Durante a primeira Guerra Mundial, estas aeronaves foram usadas na França para ataques noturnos táticos contra alvos na França e na Bélgica ocupada pelos alemães e para o bombardeio de alvos industriais e de transporte na Renânia.


Possuía duas versões principais, a Handley Page O / 100 (HP11) e a Handley Page O / 400 (HP12). A impressão causada pelo Tipo O foi tal que por muitos anos após a guerra, qualquer aeronave de grande era chamada de "Handley Page".  Após a guerra, O / 400s permaneceram no esquadrão a serviço até serem substituídos pelos Vicky Vimy no final de 1919. 
Após o final da guerra estas excedentes aeronaves foram convertidas para uso civil no Reino Unido e nove foram utilizadas pela Handley Page Transport.  
A Handley Page Transport Ltd. foi uma companhia aérea fundada em 1919 por Frederick Handley Page na nova era do voo civil após a Primeira Guerra Mundial. Os primeiros aviões eram os Handley Page Type O / 400 modificados para uso de passageiros. Estes voaram entre Londres e Paris.



A pedido do Ministério da Aeronáutica, o Handley Page Type W8 foi usado mais tarde entre Paris e Bruxelas. Em 31 de março de 1924, os ativos e as operações da Handley Page Transport foram fundidos com outras três companhias aéreas britânicas para dar origem a Imperial Airways.
A empresa em si permaneceu adormecida até reconstituída para assumir a Miles Aircraft em 1947 como Handley Page (Reading) Ltd ... Aeródromo de Cricklewood A Aeródromo de Cricklewood era adjacente à fábrica da Handley Page em Cricklewood, estabelecida em 1912. O aeródromo era usado por a fábrica e a empresa de transporte. Inicialmente, porém, a Handley Page Transport utilizou o Hounslow Heath Aerodrome para embarcar ou desembarcar passageiros para a verificação de sua documentação, pois as instalações alfandegárias não existiam em Cricklewood até 17 de fevereiro de 1920. A empresa inaugurou um serviço aéreo Londres-Paris a partir do Cricklewood Aerodrome em 1920.
Rolls-Royce Eagle VIII
O aeródromo foi fechado em 1929, como estava sendo cercado pelo desenvolvimento suburbano, e o Golders Green Estate foi construído no local. Um novo aeródromo foi construído em Radlett, onde a maioria das aeronaves seria construída. No entanto, a construção de aeronaves em Cricklewood continuou até 1964, quando as instalações foram vendidas para se tornar a propriedade comercial Cricklewood.
Carcterísticas principais:

Tripulação: 4/5
Passageiros: 12/14 passageiro(s)
Especificações (Modelo: O/400)
Comprimento: 19,16 m 
Envergadura: 30,48 m 
Altura: 6,71 m 
Peso vazio: 3.856 kg 
Peso máx. de decolagem: 6.060 kg 
Propulsão: 2 x motores a pistão em linha Rolls-Royce Eagle VIII
Potência por motor: 360 HP 
Velocidade máxima: 157 km/h 
Alcance: 1.120 km 
Autonomia: 8 h
Teto máximo: 2.600 m 

Leia mais em: https://en.wikipedia.org/wiki/Handley_Page_Type_O

Post (353) – Dezembro de 2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário