20170621

Boeing B-29 Superfortress

O Boeing B-29 Superfortress foi um avião militar com quatro motores radiais a pistão, a hélices que foi utilizado como bombardeiro 

Foi também o avião que levou as bombas atômicas para o ataque às cidades de Hirosshima e Nagasaki. 


Foi também o avião que levou as bombas atômicas para o ataque às cidades de Hirosshima e Nagasaki. 

O Boeing B-29 foi o maior avião em serviço durante a Segunda Guerra Mundial, quando 50 mil operários trabalharam em seu projeto de desenvolvimento e cada unidade custou um milhão de dólares. Ele era considerado avançado para os outros bombardeiros da época, tendo como inovações a cabine pressurizada, sistema central de controle de fogo e armamentos controlados por controle remoto. 

Embora desenvolvido para ser um bombardeiro diurno de alta altitude, na prática realizou mais missões incendiárias noturnas de baixa altitude.

Até a sua retirada no final dos anos 60, 3.970 B-29 foram construídos.



Principais características:

Fabricante: Boeing - USA
Primeiro voo: 21 de setembro de 1942
Entrada em serviço: 8 de maio de 1944
Aposentado em 21 de junho de 1960 - A exatamente 57 anos.


Tripulação: 11
Comprimento: 30,18 m
Envergadura: 43,06
Altura: 8,45 m
Peso vazio: 33.800kg
Peso bruto 60.560 kg
Motores: 4 x radial a pistão turbocharged Wright R-3350-23  de 2.200 hp
Velocidade máxima: 574 km/h
Autonomia: 9.000 km
Teto máximo: 9.710 km

Fonte: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Leia também:/aerosngcanela.blogspot.com.br/novos-avioes-para-a-paz

Post (307) - Junho de 2017 (95.330)

Nenhum comentário:

Postar um comentário